Carlos Henrique (Crato/CE)

Nascido e criado em Crato (CE), escultor autodidata desde 1984 começou a trabalhar com xilogravura para capas de cordéis para a Academia dos Cordelistas do Crato desde o ano 2000 onde vem produzindo um sem números de capas de cordéis. Hoje ocupa a cadeira de número 20 da Academia e é artista integrante do Coletivo […]

Adriano Brito (Crato/CE)

Reside em Crato (CE); graduado em letras pela URCA – Universidade Regional do Cariri,  trabalhou como professor de artes (2008 à 2009), produtor do CCBNB Cariri, de 2007 à 2009. Como artista visual é integrante do Grupo XICRA (Xilógrafos do Crato)  participou do OCO (Ócio Criativo Organizado), trabalhando com stencil e xilogravura desde 2009. Participou […]

Exposição

A exposição adentra caminhos baixos, das bestas e dos decaídos, do grotesco em si e da manifestação dele no imaginário de artistas nordestinos através da xilogravura, dessa arte rebelde, sem reservas nem escrúpulos. E o demônio é presença em tantas obras. É potência, é vontade. Lançamento da exposição Bestiário Nordestino dia 25 de novembro, confirma […]

Guto Bitu (Crato/CE)

Luiz Augusto Bitu Bezerra Nasceu em Crato, Ceará, no dia 29/10/1976. Graduado em Comunicação Social pela Unifor, em 2001. È autodidata em desenho, xilogravura, escultura em madeira, escultura em cerâmica e cordel (com 26 publicações e mais de 30000 folhetos impressos). Trabalhou como ilustrador no jornal O Povo. Participou da fundação do grupo Xicra (Xilógrafos […]

Carlus Campos (Fortaleza/CE)

Artista gráfico, pintor e gravador, começou a carreira em 1987 como ilustrador no jornal O Povo. Na construção do seu trabalho aborda várias técnicas como: xilogravura, pintura, infogravura, aquarelas e desenho.Ilustrou revistas nacionais importantes como a Caros Amigos e a Bravo. Dentro da produção gráfica ganhou prêmios em salões de Recife,São Paulo, Rio de Janeiro […]

J. Borges (Bezerros/PE)

Nasceu a 20 de dezembro de 1935, no município de Bezerros, Pernambuco, onde deu início a sua vida artística e onde reside até hoje, escrevendo, ilustrando e publicando os seus folhetos. J. Borges tornou-se um dos mais famosos xilógrafos de Pernambuco, publicou vários álbuns de xilogravuras e alguns de luxo. www.facebook.com/jborges.borges.3?fref=ts http://jborgesbrasil.blogspot.com.br/

Lá onde o mundo cai nas trevas

“Copos vazios, copos vazios! Este vazio não existiria, nem esse esquecimento, caso não tivesse sido criado o que não pode ser esquecido. Com mãos vazias, o que se esqueceu carrega o inesquecível, e este nos carrega. Com o esquecido alimentamos o tempo, alimentamos a morte; mas o inesquecível é um presente que a morte nos […]

Bufão

O bufão é a inversão do rei, o grotesco é o belo de cabeça para baixo” (Muniz Sodré) Detalhe da obra Cucorongna e Pernoualla – Aguaforte- 1622 Jacques Callot